Gratidão

PorDra. Ludmila Thommen

Gratidão

Um dos maiores ensinamentos que a oncologia trouxe em minha vida foi sobre a gratidão. Mas como ser grato apesar das adversidades impostas a nós? Isso é muito simples. Basta ir aprendendo a parar um pouco nossa vida apressada e olhar com carinho em nossa volta.

Nós seres humanos buscamos pela felicidade e, na grande maioria das vezes, esperamos ser felizes para agradecer. Na era de tantos avanços tecnológicos esquecemos que um dia já sonhamos em ter luz elétrica, água potável, cuidados de saúde e medicamentos para tratamento de enfermidades que hoje já são totalmente prevenidas por uso de vacina ou que podem ter uma perspectiva de controle ou cura, como o câncer.

O fato é que não existe uma vida 100% perfeita, passamos por dificuldades e problemas que podem variar em grau e complexidade para cada indivíduo. Por isso, saber desacelerar um pouco e ter um olhar do nosso momento se torna tão fundamental.

O exercício diário é conseguirmos ser gratos nas pequenas coisas, seja um por termos um lar, uma família, pela oportunidade desse momento e do dia a dia… Quando voltamos o olhar para essa profundidade da nossa vida conseguimos agradecer por muitas coisas, inclusive as mais simples, como o sorriso dos nossos filhos, um abraço apertado. Conseguimos até ser gratos pela adversidade que vivemos, mas que foram tão importantes para o nosso crescimento.

Portanto, essa palavra tão simples chamada “gratidão” é, ao mesmo tempo, carregada de muito significado e está relacionada às emoções positivas, contribuindo para o equilíbrio emocional e físico.

Proponho um desafio: o que acham de olharmos nossa vida por um novo horizonte e sermos mais grato?

“A gratidão desbloqueia a plenitude da vida. Torna o que nós temos em bastante, e muito mais. Torna negação em aceitação, caos em ordem, confusão em claridade. Ela pode transformar uma refeição em uma festa, uma casa em um lar, um estranho em um amigo. “ Melody Beattie

 

Ludmila Thommen Teles

Sobre o autor

Dra. Ludmila Thommen administrator

Deixe uma resposta